Ter conhecimento das notas de corte Prouni, é indispensável a quem busca bolsas de estudo. Sejam elas totais ou parciais em instituições de ensino superior particulares.

Ou ainda com opções de cursos de graduação e sequenciais para a formação específica. Afinal, é a principal base de referência dos resultados.

Publicidade

Notas de Corte Prouni - Consulta e Média Nacional

O resultado que vale em questão da inscrição do Prouni é a da última edição do Enem. Ou seja, visando o Prouni 2018, vale apenas os pontos do Enem 2017.

A média de edições anteriores não é levada em consideração. Ainda mais que, ao se cadastrar é preciso que a nota mínima seja atingida.

Eventualmente que corresponde a 450 pontos na média de todas as matérias do Enem.

Publicidade

E também nota superior a zero na redação elaborada. No entanto, outro fator deve ser levado em consideração: a média de corte a cada uma das formações.

Deste modo, atingir 450 de média entre as notas do Enem ou valores diferentes, não significa necessariamente a garantia da bolsa.

Afinal, cada instituição apresenta as notas de corte ProUni dos cursos. Sendo assim, lembre-se que as notas de corte de 450 pontos servem como referência, não uma garantia.

Notas de corte ProUni

Sem dúvidas, para as pessoas que desejam conseguir algum tipo de bolsa por meio desse programa, é interessante ter consciência de que a média de corte pode ser consultada por meio do site oficial do ProUni.

Publicidade

Onde também são disponibilizadas informações fundamentais, como o manual do bolsista, cronogramas, parceiros, entre outras.

Durante o período de inscrições, as notas de corte ProUni são atualizadas todas as noites.

Assim, fazendo com que os candidatos possam se encaixar em cursos que tenham notas de corte condizente com o desempenho.

Caso você fique fora das notas de corte ProUni, ainda poderá concorrer em uma próxima chamada, porém tome cuidado e tente ficar próximo dessas notas.

Se desejar, vejas quais bolsas são oferecidas pelo PROUNI.

Requisitos ProUni

Para se cadastrar e estar apto a concessão de bolsas, é preciso lembrar que alguns requisitos devem ser atendidos, tais como:

Comprovação de renda familiar

Os inscritos sem diploma de ensino superior, que tenham realizado o Enem e atenda os pontos necessários na média, pode realizar a inscrição.

Para a bolsa fragmentada, ou seja, de 50%, é preciso que o inscrito comprove a renda familiar bruta mensal de até três salários mínimos por pessoa. Já no caso da bolsa total, é necessária a comprovação de até um salário mínimo e meio por indivíduo.

Outras condições

Além da comprovação de faturamento familiar por pessoa, é preciso que o inscrito atenda a pelo menos uma das opções a seguir:

Portador de deficiência.

Ter efetuado o ensino médio de forma parcial em rede particular como bolsista integral e parcialmente em rede pública. Realização do ensino médio completo em escola particular através de bolsa integral da escola.

Curso médio completo em instituição pública.

Os casos que não apresentam requisitos de renda, são dos professores que atuam nas redes públicas.

Já que exerce o magistério da educação básica e participa do quadro de pessoal definitivo de rede pública, pode concorrer a bolsas exclusivamente nas formações de licenciatura.

Uma vez que que o participante apresente uma dessas condições e comprove o faturamento familiar. Juntamente com o alcance dos pontos requisitados na média do Enem. Assim, é possível se candidatar a fim de obter uma bolsa de estudo.

Na hora da inscrição, o candidato opta por até duas instituições e cursos dentro das bolsas oferecidas, que atendem seu perfil.

Fique atento ao calendário de eventos do Prouni, e não perca a chance de conseguir a sua bolsa de estudos.

Pin It on Pinterest