Bolsas Prouni – Descubra quais são e como conseguir a sua!
4.2 (84%) 5 vote[s]

Pessoas que buscam pelas bolsas ProUni disponibilizadas pelas instituições particulares integrantes do programa, precisam atender determinadas condições.

Deste modo, é indispensável conhecer quais são as principais condições e os tipos de bolsas que é possível obter através do programa criado pelo governo federal.

A seguir, confira as principais informações sobre as bolsas ProUni oferecidas:

Conheça os tipos de bolsas Prouni

O Programa Universidade para Todos visa dispor bolsas de estudo, totais ou fragmentadas (50%). Assim, quem deseja realizar o ensino superior em instituições particulares pode ter uma oportunidade.

Publicidade

Bolsas Prouni

No entanto, conforme citado anteriormente, há alguns requisitos a serem atendidos a quem almeja se cadastrar, tais como:

Realização do Enem e nota necessária

É necessário que a nota obtida no Enem, conste no mínimo 450 pontos na média dos resultados. Além disso, assim como em outros programas, é necessário que a nota da redação seja superior a zero.

Bolsas ProUni: integral e parcial

Para a bolsa parcial, ou seja, de 50%, é preciso que o candidato comprove o faturamento familiar bruto mensal de até três salários mínimos por pessoa.

Entretanto, para a bolsa total, é necessária a comprovação de faturamento familiar bruto mensal de até um salário mínimo e meio por indivíduo.

DICA: Vejas as notas de corte do PROUNI.

Matrícula para as Bolsas Prouni

Após ser selecionado para o Programa Universidade para Todos, os estudantes interessados precisaram fazer a matrícula na instituição de ensino superior a qual se inscreveu.

Assim, buscando a efetivação da matrícula, os estudantes devem ir até as instituições. Isto, munidos com os documentos necessários para comprovar os dados da inscrição do ProUni.

A documentação necessária para a matricula será:

  1. Documentos de identificação do estudante e dos membros do seu grupo familiar;
  2. Comprovante de residência;
  3. Comprovante de rendimentos;
  4. Comprovante de óbito, divórcio e separação dos pais (quando for o caso);
  5. Comprovante de pagamento de pensão alimentícia (quando for o caso);
  6. Certificado do Ensino Médio;
  7. Exercício no magistério na educação básica pública (quando for o caso)
  8. Laudo Médio, se portador de deficiência

Para o resultado da primeira chamada, as matrículas vão até o dia 14 de fevereiro. Já para a segunda chamada, as matrículas serão até dia 27 de fevereiro. Então fique atento as datas!

Requisitos ProUni

Visando obter uma dessas bolsas, é fundamental corresponder a pelo menos um dos seguintes requisitos:

  • Realização do ensino médio totalmente em escola pública;
  • Ensino médio parcialmente em rede pública e parcialmente em escola particular na condição de bolsista da rede privada;
  • Portador de deficiência;
  • Ensino médio integralmente na rede particular de ensino, porém, na condição de bolsista da instituição;
  • Professor da rede pública, exercendo o magistério da educação básica e que faz parte do quadro de pessoal de instituição pública. Assim também que visam alcançar bolsas da formação de licenciatura. É válido citar que nestes casos, não existem requisitos de faturamento.

Inscrições Prouni 2019 - Bolsas Prouni

Qual é a conexão entre o Enem e as bolsas Prouni?

Naturalmente, no período do Enem, outros fatores são levados em consideração.

Afinal, é uma fase onde os candidatos pensam de forma mais crítica no futuro acadêmico, nos cursos, oportunidades, entre outras questões.

Neste cenário, é preciso ter consciência de que quem almeja alguma das Bolsas Prouni, deve preocupar-se também com o Enem.

Primeiramente, ao efetuar a inscrição, o candidato precisa informar o número de cadastro do Enem anterior e a senha mais recente utilizada.

Uma vez que resultados de outras edições não servem neste programa. Depois do encerramento do período de inscrição, o sistema do ProUni categoriza os estudantes.

Categoriza conforme as alternativas escolhidas e as notas que foram alcançadas no Enem. Dessa maneira, os estudantes são pré-selecionados em uma das opções de curso escolhidas.

Entretanto, são realizadas duas chamadas. Assim, em cada uma delas, os candidatos que foram pré-escolhidos, possuem um prazo para comparecer na instituição e comprovar as informações que constam na ficha de cadastro.

As bolsas ProUni que não forem preenchidas nas duas chamadas, poderão ser ocupadas pelos candidatos que compõem a lista de espera, naturalmente.

Neste caso as informações presentes na ficha de inscrição também precisam ser comprovadas.

Então fique ligado nas datas e no Calendário ProUni 2019,e não perca a oportunidade de ter sua bolsa ProUni!

Pin It on Pinterest